segunda-feira, 7 de março de 2016

.


Espero que um dia olhes para mim e voltes a ver-me, realmente.
Cansei-me da "maquilhagem barata" que uso para colorir as poucas palavras que te digo, quando na verdade são a preto e branco. E já são a preto e branco há tanto tempo, como é que ainda não reparaste?
Esse que já foi o meu grande aliado, o tempo, que quanto mais passava mais te fazia sentir falta...hoje, tornou-se o pior dos inimigos, continua a passar mas o que outrora foi "falta" transformou-se em esquecimento.
Devias saber cuidar de quem te quer bem. Devias saber fazê-lo sem que fosse preciso lembrar-te do funcionamento das coisas do mundo. E eu lembro-me que já o fizeste, e fizeste-o tão bem!
Espero, em silêncio, pelo dia em que as minhas palavras voltarão a ter a cor que lhes tiraste.

Sem comentários:

Enviar um comentário