segunda-feira, 30 de maio de 2011

ponto final.

Vou desistir daquilo que, se calhar, não me orgulha como há muito o devia ter feito. Só nunca quis que fosse assim, na verdade!
Eu falo, eu aconteço, eu dramatizo, eu tudo... Possivelmente, sou só uma inconsciente, arrisco-me a dizê-lo. Muito possivelmente, lanço-me às feras sem ter a noção do perigo. E talvez, talvez precise de crescer. Talvez precise de aprender que nem sempre aquilo a que não dou valor também não o tem para outros. Mas, e depois? Sou bem capaz de ter caído nos mesmos erros mais do que uma vez. Não sou muito esperta e brilhante, menos ainda. Quiçá seja essa a resposta para esse grande mistério do "Porquê?". E não me levem a mal se alguma vez fui tão irresponsável que nem tenha dado conta! Não peço oportunidades quando não sei se as mereço, porque "pedinchar" é feio. Se as merecer, elas aparecem, certamente que sim! E não é segredo (haja alguma coisa no meio disto), não é segredo que os dias sejam menos felizes assim. Mas, não me vou queixar e não quero, não é esse o meu intuito por mais estranho que possa parecer.
"Sempre que perderes a cabeça canta para o mundo", mas já não canto há muito. Devo ter perdido esse enorme talento que outrora consegui conter, e o que sai, sai por escrito, mal ou bem. Às vezes, mais mal que bem. E todos sabemos, há coisas que não valem a pena. Hoje, a partir de hoje, canto para o mundo e espero não perder a cabeça muitas vezes, que a minha garganta não anda grande coisa.

Com licença,
Joana Castro 

22 comentários:

  1. Oh Maria, não gosto nada de te "ouvir" falar assim! Que se passou?

    ResponderEliminar
  2. queres que vá lá, agora e já? :)
    por ti, faço tudo!

    ResponderEliminar
  3. Mas desse tipo são todos, por isso.
    Já agora, se calhar, é melhor reveres ali o teu "crecer", eu sei que muitas pessoas dizem dessa forma, mas a correcta leva um "s", Ora experimenta lá! ahh e revê ali o "esepero" sim!

    Contudo, e passando ao importante, gosto muito dessas merdas que escreves! É fixe, fixe.

    ResponderEliminar
  4. não consigo viver , não consigo sorrir .

    ResponderEliminar
  5. muito obrigada e força nisso (:

    ResponderEliminar
  6. Catarina não, que eu não gosto!
    e sim, às vezes dá-me para estes delirios xD

    ResponderEliminar
  7. ahaha, estupida!
    mas linda linda és mesmo tu!

    ResponderEliminar
  8. obrigada , obrigada mesmo ! já são poucas as pessoas a torcer por mim !

    ResponderEliminar
  9. tenho sim , nem me conheçes e ajudas-me logo *-*

    ResponderEliminar
  10. estou aqui para o que precisares :b

    ResponderEliminar
  11. só te digo que era legal, o que é ainda mais estranho xD

    ResponderEliminar
  12. chama-se salvia filha, não faz mal nenhum à saude, mas podes alucinar por completo em segundos e poucos minutos depois já passou. eu fumei pouquinho, por isso não me aconteceu nada, mas o diogo riu-se que nem um perdido e começou a ver coisas, mas passou logo xD

    ResponderEliminar
  13. se desta calhei nas maos certas dou-me por muito feliz, se não calhei vou aproveitar ao máximo o que estou a sentir e só o tempo me ajudará a perceber se é agora a minha vez de ser feliz com alguém que cuide bem de mim (:

    ResponderEliminar
  14. Ó burra, os meus é que são todos parvos.

    ResponderEliminar