domingo, 17 de abril de 2011

Sophie diz-me, enquanto me tenta convencer a deixá-la pentear-me o cabelo:
- És a coisa mais bonita da minha vida e eu adoro-te!
Maria Joana (...) morte cerebral (...) *.*
(depois disto, até a deixava rapar)

11 comentários:

  1. por mais que me magoe vê-lo ir, eu sei que vai lutar pelo sonho dele, apoio-o com tudo o que tenho, e já lhe o disse (:
    obrigada Joana!

    ResponderEliminar
  2. Não podia dizer melhor, mas normalmente não fazem caso quando dizemos que é que ela é dentro de uma sala com os alunos, enfim :s

    ResponderEliminar
  3. pode ter acabado muita coisa, mas da nossa amizade eu não desisto concerteza (:

    ResponderEliminar
  4. Conheço tão bem essa sensação (embora, provavelmente em contextos diferentes). Elásticos e molas pelo cabelo todos. Os cabelos já todos enredilhados, mas aqueles olhinhos, aquela inocência... derretem-nos e prontos, lá se vão mais um quantos, para além dos que já caem na banheira todos os dias, lol.
    Muito bonito o que escreveste.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. são mesmo as melhores coisas do mundo :p

    ResponderEliminar
  6. Foi um bela atitude altruísta que eles tiveram em ter este pequenote!
    Parte daqui o meu obrigada também!

    ResponderEliminar
  7. Ahh sim, porque mudou muito até!
    "os teus Ás são as bolinhas mais perfeitas"

    ResponderEliminar
  8. ahah nada chato! Eu adoro o Emanuel *.*

    ResponderEliminar